Os 12 melhores artigos de Gabriel Rossi

Os 12 melhores artigos de Gabriel Rossi

Quais fatores fazem diferença na construção de marcas na web, tanto para empresas quanto para políticos? Gabriel Rossi já é conhecido por escrever sobre estes fundamentos e ideias extensivamente para a mídia, em veículos como o Mundo do Marketing, Estadão e Observador Político, apontando o cenário atual do mercado, melhores práticas e tendências.

Destes textos, selecionamos 12 leituras recomendadas para quem se interessa por marketing empresarial e político:


  •  A internet e as eleições: Assinado também pelo cientista político Aldo Fornazieri, o texto aponta fatores que permearam a campanha presidencial de 2010:  A forte polarização entre candidatos, o presidente Lula como um de seus principais protagonistas a presença da internet como um dos mais importantes meios de campanha. [Estadão]
  • Em defesa do marketing: Marketing é absolutamente tudo que uma empresa faz, mas ainda há um estigma negativa sobre o termo. Infelizmente, hoje em dia as pessoas, a grande mídia, os políticos e até maus profissionais da área tratam o Marketing de forma vulgar e jocosa. Gabriel Rossi sai em defesa do marketing para desmistificar este pensamento. [Mundo do Marketing]
  • A estratégia do Tylenol 180: Gabriel Rossi explora o case do Tylenol, que conduziu a gestão uma crise de maneira tão apropriada na época que alguns especialistas em marketing hoje tomam como exemplo a ser seguido. [Nós da Comunicação]
  •  Mídias sociais: o debate precisa desesperadamente evoluir: Você está preparado para evoluir e sair dos questionamentos diários sobre a ação viral promocional divertida, a “orkutização” e “facebookização” ou parar de ir às mesmas palestras sobre as melhores práticas para blogs corporativos? Gabriel Rossi fala sobre a necessidade de olhar as mídias sociais como fator estratégico integrado à cultura corporativa. [Mundo do Marketing]
  • Cadê o Twitter da Dilma?: Gabriel Rossi fala da falta de uso estratégico da ferramenta e da necessidade de criar um processo de escuta on-line profissional,  identificar os formadores de opinião e entusiastas em cada área, gerando sempre conteúdos novos, estimulando e disseminando informações. [Jornal da Tarde]
  • A vulgarização da inovação: A inovação mais do que nunca se torna a espinha dorsal do crescimento e a vantagem competitiva das corporações modernas. Por outro lado, ironicamente, o termo está ficando gradualmente vulgarizado. [Portal Imasters]
  • Fazer Branding é abrir estradas: Marcas estáticas e que acreditam que podem prever o mercado e a inovação estão mortas. Aquelas que quiserem sobreviver em um futuro bem próximo não se comportarão mais como substantivos. [Nós da Comunicação]
  • O neoeleitor: 2012 marca a influência mais incisiva de um eleitor renovado,  que podemos chamar de neoeleitor, ligado 24 horas e que deixou de ser convencido meramente por propaganda eleitoral. [Jornal da Tarde]
  • A estratégia de Ben Self terá sucesso no Brasil?: Barack Obama foi o primeiro candidato a verdadeiramente utilizar ferramentas digitais durante sua caminhada para a presidência. Gabriel Rossi fala neste artigo sobre as então vindouras eleições nacionais de 2010 e como seria arriscado apostar na adoção integral da estratégia criada por Ben Self  para Obama. [Mundo do Marketing]
  • Sociografia: um novo conceito de análise para as marcas na internet: O cenário recente de conjuntura dinâmica e de pessoas conectadas apresenta um desafio para empreendedores, governos e os profissionais de marketing, que demandam de uma necessidade cada vez mais urgente de entender seu público: Agora, no mundo virtual, devemos falar em Sociografia – estudo e pesquisa do comportamento do internauta. [Mundo do Marketing]
  • Sua marca é sustentável? Até que ponto?: As marcas que vão fazer a diferença são aquelas que inspiram seus stakeholders a serem pessoas melhores, a fazer o mundo em que vivemos ficar melhor, tornando a nossa vida mais sustentável. [Nós da Comunicação]
  • Eleições 2012: É hora de desmistificar o case Obama: Hoje a marca Obama não poderia ser construída exatamente da maneira que foi, principalmente na web, pois foi temporal, representou um momento específico da história americana. No Brasil, é preciso considerar o princípio da realidade. [Mundo do Marketing]

Gabriel Rossi e sua equipe seguem empenhados em apontar fundamentos no marketing moderno através de consultoria e capacitação. Conheça melhor estes serviços ou entre em contato para solicitar uma proposta.

Equipe Gabriel Rossi Consultoria

facebooktwittergoogle pluslinkedin

Equipe da Gabriel Rossi Consultoria. Somos um escritório especializado em marketing digital que é considerado referência no Brasil. Oferecemos consultoria estratégica para o mercado político e empresas, além de palestras e workshops sob medida.